26 de novembro de 2008

Eu já disse "eu te amo". Já tomei um porre, já fiz sexo sem pensar no dia seguinte. Já tive medo, e já senti frio na barriga de tanta ansiedade. Já virei noite estudando, mas já tomei bomba em prova que mal sabia o tema.

Já quebrei o braço, já comi fruta do pé. Andei descalça, pulei carnaval com meus melhores amigos. Já beijei alguém pensando em outra pessoa, já ganhei bebida de graça na balada. Já bebi todas e mais um pouco, e passei aperto na hora de pagar a conta.

Já fui traída. Já desejei trair de raiva, já fui a outra. Já quis correr pra minha mãe pra ela me protegesse, mesmo depois de grande. Perdi as contas de quantas vezes briguei em casa porque queria sair. Já cabulei aula pra fumar e beber. Já saí mais cedo da balada pra ir jogar no dia seguinte de manhãzinha, sem beber nada alcoólico a noite toda.

Já joguei pela minha faculdade em uma quadra domindada pela torcida. Já magoei alguém. Já me apaixonei por quem não devia, e já transei com quem não devia também. Já trabalhei mais do que deveria, mas também já dei migué no trabalho. Já fui trabalhar de ressaca.

Já beijei quem não queria e já tive certeza que ficaria com alguém logo quando conheci. Já fui enganada, já fui perseguida. Já perdoei, mas sem muito bem esquecer.

Já perdi a conta de quantas coisas já fiz na vida, e quantas outras ainda quero ou ainda farei...

Um comentário:

ca disse...

ai eh foda.........
smiths,

there`s a light never goes out

http://www.youtube.com/watch?v=INgXzChwipY&feature=related